Fundado por Paulo Pinto Mascarenhas


Ana Albergaria
Bernardo Pires de Lima
Diogo Belford Henriques
Eduardo Nogueira Pinto
Francisco Mendes da Silva
Henrique Raposo
Inês Teotónio Pereira
Jacinto Bettencourt
João Marques de Almeida João Vacas
José Bourbon Ribeiro
Leonardo Ralha
Luciano Amaral
Luís Goldschmidt
Manuel Castelo-Branco
Manuel Falcão
Nuno Costa Santos
Paulo Pinto Mascarenhas
Pedro Marques Lopes
Rodrigo Moita de Deus
Tiago Geraldo
Vasco Rato
Vitor Cunha


Logótipo Acidental concebido por Vitriolica. Grafismo gerado por Miss Still.


Acidental Long Play


Direita Liberal


O Acidental


Público

TSF

Lusa

Associated PressReuters


A Causa Foi Modificada
Bomba Inteligente
O Espectro
Educação Sentimental
A Vida em Deli
Futuro Presente
Aos 35
Vitriolica Webb's Ite
A Sexta Coluna
Tristes Tópicos
Some Like It Hot
Xanel 5/Miss Pearls
Crónicas Matinais
Rititi
Mood Swing
19 meses depois
Serendipity
A Propósito de Nada
The world as we know it
Minha Rica Casinha
Da Literatura
Tradução Simultânea
Contra a Corrente
O Estado do Sítio
Geraldo Sem Pavor
Acho Eu
A Arte da Fuga
O Sinédrio
Blue Lounge
Portugal Contemporâneo
A cor das avestruzes modernas
Kapa
Snob Blog

E Depois do Adeus
Margens de Erro
Nortadas
Office Lounging
No Quinto dos Impérios
Teorema de Pitágoras
What do you represent
Esplanar
Quase Famosos
Melancómico
Vício de Forma
João Pereira Coutinho I
João Pereira Coutinho II
Retalhos da Vovó Edith
Blogue dos Marretas
Lóbi do Chá
O Insurgente
A Mão Invisível
A Esquina do Rio
Voz do Deserto
Desesperada Esperança
Homem a Dias
Blasfémias
Origem das Espécies
Babugem
Ma-Schamba
Rua da Judiaria
Fuga para a vitória
Mar Salgado
A Ágora
Miniscente
A vida dos meus dias
Elasticidade
Causa Liberal
O Telescópio
Grande Loja do Queijo Limiano
O Intrometido
Carambas
Mau Tempo no Canil
Lobby de Aveiro
Bar do Moe
Adufe
Bloguítica
Tau-tau
Incontinentes Verbais
Causa Nossa
elba everywhere
O Observador
Super Flumina
Glória Fácil
Metablog
Dolo Eventual
Vista Alegre
Aforismos e Afins
A Cooperativa
Semiramis
Diário da República
Galo Verde
Ilhas
french kissin'
Bicho Carpinteiro
Portugal dos Pequeninos
Foguetabraze
A Invenção de Morel
Aspirina B
O Boato
O Vilacondense
O amigo do povo
O Insubmisso

Aviz
Barnabé
Blog de Esquerda
Fora do Mundo
Jaquinzinhos


Powered by Blogger


Google

terça-feira, março 14, 2006

Postes que dão metáforas

Decido comprar um exemplar em inglês do “Mein Kampf”. A Amazon, arguta quase agressiva, recomenda-me o “Manifesto Comunista” como “perfect pair”. Concordo e encomendo. Quando chego à página de pagamento a Amazon informa-me que está proibida de enviar o “Mein Kampf” para Portugal. Mas o manifesto, esse, chegava em apenas dois dias.

[Rodrigo Moita de Deus]

Comments on "Postes que dão metáforas"

 

Anonymous Anónimo said ... (4:45 da tarde) : 

Dá muito menos trabalho comprar uma edição em português do Mein Kampf. Vende-se em qualquer livraria da Baixa.

 

Anonymous Anónimo said ... (4:46 da tarde) : 

e também se pode encomendar na net por exemplo na bertrand, onde até é dos mais vendidos.

 

Anonymous Gonçalo said ... (5:19 da tarde) : 

Como começar um post com "Decido comprar uma edição em inglês do Mein Kampf" sem ser enxovalhado em 3 passos simples por:

Rodrigo Moita de Deus

Brevemente disponível na Amazon (e legal o envio para Portugal)

 

Anonymous Nuno Ferreira Martins said ... (8:12 da tarde) : 

Moral da história:

- Há genocídios maus e há genocídios bons.

 

Anonymous Nuno Ferreira Martins said ... (8:17 da tarde) : 

- Há 7 milhões de mortos que impedem a chegada do "Mein Kampf" a Portugal.

- Há 80 milhões de mortos que nada conseguem fazer contra a remessa do "Manifesto Comunista" para o nosso jardim à beira-mar plantado.

2ª moral da história:

Estes judeus conseguem levar a sua sempre avante!

 

Anonymous Jordão said ... (8:35 da tarde) : 

A direita é a favor ou contra os judeus? Sempre que se fala na Palestina a direita é a favor dos judeus.

 

Anonymous Nuno Ferreira Martins said ... (8:53 da tarde) : 

Excelente questão, Jordão, excelente questão. Curiosamente também, sempre que se fala na Palestina a esquerda é contra os judeus e entranhadamente favorável aos islâmicos. Visto tratar-se de dois povos com tantas provas dadas nos campos da urbanidade e da boa-fé, perguntar-se-á o meu amigo Jordão: será que não há na questão do conflito israelo-árabe algum maniqueísmo em ambas as visões?

 

Blogger Vasco said ... (1:39 da manhã) : 

A direita é a favor ou contra os judeus?

O maniqueísmo, é a favor ou contra a compreensão da humanidade?

 

Blogger dorean paxorales said ... (3:05 da tarde) : 

O governo estadual da Baviera é o proprietário legal dos direitos de autor do livro ''A minha luta'', desde a morte da herdeira de Adolf Hitler, a sua irmã.
Por este motivo, a tradução, edição e venda do livro estão condicionadas pelas leis comercial e de propriedade intelectual.

Lamento, mas desta vez não é preciso sonhar com ladrões.

P.S.: o livro é muito mau...

 

Anonymous indicioso said ... (9:27 da manhã) : 

Encontrei um mein kampf de 1976, em portugues edições afrodite e com comentarios de :prof.A.H de Oliveira Marques,Jose Martins Garcia, Rolão preto e Sanches Osório.independentemente dos comentarios e do conteudo do livro(o seu conteudo é muito mais para consumo interno da Alemanha da epoca do que postular uma ideologia universal, ao contrario do manifesto comunista)e extraordinario que não se aprenda nada com o que se passa com os fanatismos de hoje.não e proibindo a leitura de livros que protege a nossa democracia mas é demonstrando as suas contradições e erros.A ignorancia e o desconhecimento nunca foram grande ajuda para as sociedades democraticas

 

Blogger dorean paxorales said ... (11:52 da manhã) : 

Para quem ainda não entendeu: a leitura do livro não está proibida por ninguém, nem em Portugal nem na Alemanha; a edição/venda está, de acordo com a vontade do seu actual proprietário.

Pode não se gostar mas tem de se respeitar a propriedade privada, certo?

Aliás, o livro é tão mau, até mesmo no estilo, que consiste ele próprio no melhor argumento contra a ideologia que tenta construir.

 

post a comment