Fundado por Paulo Pinto Mascarenhas


Ana Albergaria
Bernardo Pires de Lima
Diogo Belford Henriques
Eduardo Nogueira Pinto
Francisco Mendes da Silva
Henrique Raposo
Inês Teotónio Pereira
Jacinto Bettencourt
João Marques de Almeida João Vacas
José Bourbon Ribeiro
Leonardo Ralha
Luciano Amaral
Luís Goldschmidt
Manuel Castelo-Branco
Manuel Falcão
Nuno Costa Santos
Paulo Pinto Mascarenhas
Pedro Marques Lopes
Rodrigo Moita de Deus
Tiago Geraldo
Vasco Rato
Vitor Cunha


Logótipo Acidental concebido por Vitriolica. Grafismo gerado por Miss Still.


Acidental Long Play


Direita Liberal


O Acidental


Público

TSF

Lusa

Associated PressReuters


A Causa Foi Modificada
Bomba Inteligente
O Espectro
Educação Sentimental
A Vida em Deli
Futuro Presente
Aos 35
Vitriolica Webb's Ite
A Sexta Coluna
Tristes Tópicos
Some Like It Hot
Xanel 5/Miss Pearls
Crónicas Matinais
Rititi
Mood Swing
19 meses depois
Serendipity
A Propósito de Nada
The world as we know it
Minha Rica Casinha
Da Literatura
Tradução Simultânea
Contra a Corrente
O Estado do Sítio
Geraldo Sem Pavor
Acho Eu
A Arte da Fuga
O Sinédrio
Blue Lounge
Portugal Contemporâneo
A cor das avestruzes modernas
Kapa
Snob Blog

E Depois do Adeus
Margens de Erro
Nortadas
Office Lounging
No Quinto dos Impérios
Teorema de Pitágoras
What do you represent
Esplanar
Quase Famosos
Melancómico
Vício de Forma
João Pereira Coutinho I
João Pereira Coutinho II
Retalhos da Vovó Edith
Blogue dos Marretas
Lóbi do Chá
O Insurgente
A Mão Invisível
A Esquina do Rio
Voz do Deserto
Desesperada Esperança
Homem a Dias
Blasfémias
Origem das Espécies
Babugem
Ma-Schamba
Rua da Judiaria
Fuga para a vitória
Mar Salgado
A Ágora
Miniscente
A vida dos meus dias
Elasticidade
Causa Liberal
O Telescópio
Grande Loja do Queijo Limiano
O Intrometido
Carambas
Mau Tempo no Canil
Lobby de Aveiro
Bar do Moe
Adufe
Bloguítica
Tau-tau
Incontinentes Verbais
Causa Nossa
elba everywhere
O Observador
Super Flumina
Glória Fácil
Metablog
Dolo Eventual
Vista Alegre
Aforismos e Afins
A Cooperativa
Semiramis
Diário da República
Galo Verde
Ilhas
french kissin'
Bicho Carpinteiro
Portugal dos Pequeninos
Foguetabraze
A Invenção de Morel
Aspirina B
O Boato
O Vilacondense
O amigo do povo
O Insubmisso

Aviz
Barnabé
Blog de Esquerda
Fora do Mundo
Jaquinzinhos


Powered by Blogger


Google

sexta-feira, março 24, 2006

Pergunto-me eu

Alguns analistas e comentadores têm dito e escrito que o dr. Marques Mendes e o dr. Ribeiro e Castro deram o passo político indicado ao convocarem directas e um congresso extraordinário, respectivamente, porque obrigam a ir a jogo ou a calarem-se para sempre todos aqueles que nas "oposições internas" apenas os querem deixar a "grelhar" ou a "cozer" até 2008. Mas - pergunto eu - se o dr. Marques Mendes e o dr. Ribeiro e Castro ganharem as directas e o congresso extraordinário não terão de ficar "lá" até 2008? E esta não é a data exacta até à qual - segundo os sábios comentadores e analistas - os críticos internos os pretendem deixar a "grelhar" ou a "cozer"?
Pergunto ainda se será que nenhum dos dois percebeu que se não existirem candidaturas alternativas credíveis, o que é sempre uma possibilidade, pelo menos académica, as actuais lideranças do PSD e do CDS ficarão expostas ao sofrimento acrescido de correrem sozinhas, contra si próprias e com poucos espectadores? Eleitos em plebiscito, por falta de comparência, com uma reduzida percentagem de votos e eleitores?
Pergunto também se, ao correrem o dr. Marques Mendes e o dr. Ribeiro e Castro contra si próprios, não serão as directas e o congresso extraordinário entendidos pela maioria do eleitorado e dos próprios militantes como desnecessários, para não dizer absurdos? E se ninguém apresentar uma candidatura alternativa, será que as directas do dr. Mendes ou as indirectas do dr. Ribeiro e Castro - no último ano eleito em congresso e em directas - oferecem a qualquer deles alguma legitimidade política acrescida, para além da que já têm, a que se soma o facto de supostamente - e sempre segundo os sábios comentadores - continuarem a "grelhar" ou a "cozer" até 2008?
Quanto aos "críticos" se calarem, porque haveriam de calar-se perante aquilo que poderá ser considerada uma vitória de Pirro do dr. Marques Mendes e do dr. Ribeiro e Castro sobre si mesmos? Mas não foram estes mesmos "críticos" que se declararam contra as directas ou contra o congresso extraordinário, por os considerarem métodos desnecessários ou absurdos? A registar-se este cenário, não ganhariam os "críticos" uma legitimidade acrescida para apontar futuros fracassos em 2008?
Estas as perguntas talvez ingénuas de alguém que é de direita e se identifica com a área política a que pertencem o CDS e o PSD. Mas se eu fosse o dr. Marques Mendes ou o dr. Ribeiro e Castro - dois homens de inegável valor - perguntar-me-ia finalmente se não deveria ficar desconfiado ao ler e ouvir tantos adversários externos do PSD e do CDS a elogiar os seus últimos passos, desde logo a convocação de directas e de um congresso que poderá vir a ser realmente extraordinário.

[Paulo Pinto Mascarenhas]

Comments on "Pergunto-me eu"

 

Blogger Morgado Louro said ... (12:09 da tarde) : 

O que me preocupa é se eles ficam, mais do que agradar aos adversários partidários estarão, cada dia que passa a delapidar todo um capital político amealhado, no limite restarão apenas os indefectiveis.

Ao mesmo tempo se não há adversários cada vez mais é sinónimo de oportunismo político. quando o poder não está na mão do partido este perde imensos dedos...

 

Anonymous um filiado said ... (12:22 da tarde) : 

O CDS é um partido de criadas. Uma gente que passa a vida na pequena conspiração. No actual grupo parlamentar, há dois - repito, dois - deputados que consegueriam manter um nível de vida semelhante ao que têm como deputados: Paulo Portas e Pires de Lima. O resto são adolescentes, que dificilmente conseguiriam um emprego decente, ainda que com contratos semelhantes aos que querem aprovar em França. O PPM é um bom homem, mas deixa-se levar por essa malta e pela sua incorrigivel falta de senso.

 

Anonymous Gisela Luís said ... (2:43 da tarde) : 

Este em cima é "um filiado" num "partido de criadas". Mas é mal-"criada".

 

Anonymous Outro filiado said ... (9:22 da tarde) : 

Caro filiado, se tem o CDS em tão má conta, desfilie-se!

 

Anonymous Outro filiado said ... (9:23 da tarde) : 

Caro filiado, se tem o CDS em tão má conta, desfilie-se!

 

Anonymous Anónimo said ... (10:17 da tarde) : 

o filiado é filiado na marmeleira do pacheco, certo?

 

Blogger António Maia said ... (12:02 da manhã) : 

o problema é sempre o mesmo :

Se não concorda mude de partido.


Será que ainda não perceberam que o problema do CDS é da falta de qualidade de muitas pessoas que tem andado por lá ( tb tem andado muita gente boa como o Paulo Porta ou o Ribeiro e Castro ). Será que ainda não perceberam que não são os projectos pessoais que levarão o partido a bom porto. Será que ainda não perceberam que um partido não se faz com meia dúzia de gatos pingados. será que ainda não perceberem que opiniões diferentes dentro das mesmas correntes ideológicas valorizam qualquer partido. Será que ainda não perceberam que em democracia , ou se perde ou se ganha, mas devemos respeitar quem é eleito de forma legítima existindo espaços apropriados para resolver certas questões que não na praça publica. Será que ainda não perceberam tanta coisa.... enfim modernices

 

Anonymous Bruno Vilario said ... (2:29 da manhã) : 

vai passear, ó Maia, nós sabemos o que tu queres.Um poleirozito para te debruçares. Desanda, camarada. gato pingado

 

Blogger António Maia said ... (12:01 da tarde) : 

O que me deve separar de si, é que nos anos que o CDS foram poder , eu não entrei no caldas, não por não me rever no seu líder, mas por achar que o partido estava a fazer um bom trabalho, apesar da condicionante de falta de pessoas de qualidade.

O facto é que quando o partido voltou ás urnas andei por lá, a fazer campanha, já estavam alguns na debandada.

Só quem não me conhece poderá dizer uma coisa destas, existe vida para além dos partidos caro vilario, não será de certeza o seu caso.

Ás vezes tb me interrogo pq frequento sítios com gente mal educada??

 

Anonymous libertas, tb filiado said ... (6:20 da tarde) : 

O grupo parlamentar foi - e continua a ser - conivente com o socialismo praticado pelo partido quando o CDS esteve no poder:
-mais IVA
-mais colecta mínima em IRC
-mais IRS, por eleminação de benefícios fiscais

Como contrapartida o socialismo rejubilou com aumentos de 2,2% para o funcionalismo público oferecidos pelo «nosso» Bagão, o maior dos socialistas.

O grupo parlamentar de conservador e liberal nada tem. Pouco me representam. Se um extra terrestre cá chegasse não lobrigaria qq diferença entre essas doze criaturas e as do PSD! INACEITÁVEL.

 

post a comment