Fundado por Paulo Pinto Mascarenhas


Ana Albergaria
Bernardo Pires de Lima
Diogo Belford Henriques
Eduardo Nogueira Pinto
Francisco Mendes da Silva
Henrique Raposo
Inês Teotónio Pereira
Jacinto Bettencourt
João Marques de Almeida João Vacas
José Bourbon Ribeiro
Leonardo Ralha
Luciano Amaral
Luís Goldschmidt
Manuel Castelo-Branco
Manuel Falcão
Nuno Costa Santos
Paulo Pinto Mascarenhas
Pedro Marques Lopes
Rodrigo Moita de Deus
Tiago Geraldo
Vasco Rato
Vitor Cunha


Logótipo Acidental concebido por Vitriolica. Grafismo gerado por Miss Still.


Acidental Long Play


Direita Liberal


O Acidental


Público

TSF

Lusa

Associated PressReuters


A Causa Foi Modificada
Bomba Inteligente
O Espectro
Educação Sentimental
A Vida em Deli
Futuro Presente
Aos 35
Vitriolica Webb's Ite
A Sexta Coluna
Tristes Tópicos
Some Like It Hot
Xanel 5/Miss Pearls
Crónicas Matinais
Rititi
Mood Swing
19 meses depois
Serendipity
A Propósito de Nada
The world as we know it
Minha Rica Casinha
Da Literatura
Tradução Simultânea
Contra a Corrente
O Estado do Sítio
Geraldo Sem Pavor
Acho Eu
A Arte da Fuga
O Sinédrio
Blue Lounge
Portugal Contemporâneo
A cor das avestruzes modernas
Kapa
Snob Blog

E Depois do Adeus
Margens de Erro
Nortadas
Office Lounging
No Quinto dos Impérios
Teorema de Pitágoras
What do you represent
Esplanar
Quase Famosos
Melancómico
Vício de Forma
João Pereira Coutinho I
João Pereira Coutinho II
Retalhos da Vovó Edith
Blogue dos Marretas
Lóbi do Chá
O Insurgente
A Mão Invisível
A Esquina do Rio
Voz do Deserto
Desesperada Esperança
Homem a Dias
Blasfémias
Origem das Espécies
Babugem
Ma-Schamba
Rua da Judiaria
Fuga para a vitória
Mar Salgado
A Ágora
Miniscente
A vida dos meus dias
Elasticidade
Causa Liberal
O Telescópio
Grande Loja do Queijo Limiano
O Intrometido
Carambas
Mau Tempo no Canil
Lobby de Aveiro
Bar do Moe
Adufe
Bloguítica
Tau-tau
Incontinentes Verbais
Causa Nossa
elba everywhere
O Observador
Super Flumina
Glória Fácil
Metablog
Dolo Eventual
Vista Alegre
Aforismos e Afins
A Cooperativa
Semiramis
Diário da República
Galo Verde
Ilhas
french kissin'
Bicho Carpinteiro
Portugal dos Pequeninos
Foguetabraze
A Invenção de Morel
Aspirina B
O Boato
O Vilacondense
O amigo do povo
O Insubmisso

Aviz
Barnabé
Blog de Esquerda
Fora do Mundo
Jaquinzinhos


Powered by Blogger


Google

sexta-feira, março 17, 2006

Palacio La Moneda, lagartixa IV


Parece que foi aqui que um ditador mandou assassinar outro ditador

[Pedro Marques Lopes]

Comments on "Palacio La Moneda, lagartixa IV"

 

Blogger Filipe Castro said ... (9:15 da tarde) : 

Nao sei se percebo a piada...

 

Anonymous Anónimo said ... (9:20 da tarde) : 

Desculpe, mas devo-me ter enganado.
Não era para ter piada.
Cumprimentos

Pedro Marques Lopes

 

Anonymous Senaquerib said ... (9:29 da tarde) : 

Os meus inimigos são todos ditadores.
Os meus amigos são todos democratas.

 

Anonymous Anónimo said ... (9:59 da tarde) : 

Se bem interpreto - estou a falar para si, Pedro Marques Lopes - trata-se de um post indigno, ignorante e, realmente, assassino, indiciador da total irresponsabilidade e infantilidade - lamento, mas repito - da actual dtª portuguesa, infelizmente, opinião de "burgessos". Não ignoro as responsabilidades de Allende, e principalmente de alguns partidos da esqª chilena, no desenvolvimento do processo que conduziu ao golpe de Pinochet. Não partilho, mesmo, de alguns dos seus objectivos. Reconheço os êxitos do Chile actual. Mas chamar ditador a Allende e pô-lo ao mesmo nível de Pinochet é de uma boçalidade inimaginável. Só posso dizer que lamento... e, como democrata e liberal, tenho asco.

 

Anonymous Anónimo said ... (10:57 da tarde) : 

COMO?

 

Anonymous Anónimo said ... (11:14 da tarde) : 

Se se refere ao meu comentário anterior, reforço-o. Se discorda, informe-se.

 

Anonymous Anónimo said ... (11:42 da tarde) : 

ela anda por aqui, esquizofrénica e desesperada.

 

Blogger NRA said ... (11:46 da tarde) : 

Pedro Marques Lopes,
Você é só ignorante ou facho?

 

Anonymous Anónimo said ... (1:10 da manhã) : 

resposta a nra: é só um puto idiota, infantil, irresponsável e ignorante que não merece mais que dois estalos e que o mandem para casa brincar com os meninos da idade dele. Só não digo que é atrasado mental por respeito para com esses, que não são responsáveis pela sua deficiência.

 

Anonymous libertas said ... (1:15 da manhã) : 

Depois da 2ª Grande Guerra e até 1973 o Ocidente foi capitulando e entregou ao imperialismo soviético mais de vinte países, traindo os seus povos que aguardavam o auxílio do países Livres. Entre os povos ocupados: repúblicas bálticas, Checoslováquia, Hungria, Polónia.

Allende formou governo num contexto de três canditados presidenciais:
-um marxista, Allende
-um democrata cristão
-um conservador, Alessandri

Allende teve 36%, o mais votado dos três, num sistema que não previa segunda volta. O clima económico e político deteriorou-se.

Em 1973, em plena guerra do Vietname(em perda), ocorreu o golpe de Estado.

O Ocidente não quis perder mais um País.

 

Anonymous libertas said ... (1:22 da manhã) : 

Caro PML,

Fundamental é:
1. Allende eleito com apenas 36% dos votos

2.Allende não foi assassinado. Allende suicidou-se.

PML repete um mentira que não pode passar por verdade ou enganar quem não conhece a história de um grande país, o mais desenvolvido da América Latina graças à Liberdade, o CHILE.

 

Anonymous JC said ... (1:29 da manhã) : 

Sou leitor diário do "acidental" e leitor e comprador da revista "atlântico" desde o 1ºnº. Depois do post de PML sobre o Chile, acabou-se. Felizmente vivemos numa democracia: ele é livre de dizer asneiras e o "acidental" de as publicar; eu sou livre de não as querer ler e da estupidez me incomodar.

JC

 

Blogger NRA said ... (2:04 da manhã) : 

Libertas,
Quanto é que você julga que teve de votos Sá Carneiro, em 1979, e no entanto ninguém o "suicidou", nem bombardeou a sede do governo e mandou torturar e matar milhares dos seus apoiantes.

 

Anonymous libertas said ... (2:34 da manhã) : 

NRA,

É verdade. Eu apenas situei no tempo o golpe. Estaline matou 40 milhões no gulag. O Ocidente capitulava desde a 2ª Guerra. Os alemães de Leste estavam presos. Soviéticos e chineses apoiavam terrorismo em África e norte-vietnamitas. O Ocidente tinha perdido Cuba.

Nenhum povo por mais pobre que seja deve ser abandonado à sua sorte

E é só.

 

Anonymous Anónimo said ... (3:32 da manhã) : 

Ainda há uns burgessos que não perceberam que o acidental é o acidental e a revista atlântico é a revista atlântico. E que cada um é responsável pelo que escreve.

 

Anonymous Anónimo said ... (6:44 da manhã) : 

Caro Libertas,
Obrigado pelo seu comentário. Como bem sabe, o facto de alguém ser democraticamente eleito não impede que se torne num ditador e a história do século XX tem um exemplo que é paradigmático: Adolf Hitler. Como também sabe, há diversas versões sobre a morte de Allende.

 

Anonymous Anónimo said ... (6:48 da manhã) : 

Quanto à sua pergunta, informo-o que: ignorante serei em vários assuntos mas fascista não.

Pedro Marques Lopes

 

Anonymous Anónimo said ... (6:52 da manhã) : 

Caro JC,
Lamento que deixe de ler a Atlântico e o Acidental. Jamais, porém, apelidaria de estúpida a sua atitude.

Pedro Marques Lopes

 

Anonymous Anónimo said ... (6:55 da manhã) : 

Este puto de 40 anos, idiota, irresponsável e ignorante não responde a anónimos... como é evidente.

Pedro Marques Lopes

 

Anonymous Anónimo said ... (2:49 da tarde) : 

És de facto um palerma.

 

Anonymous libertas said ... (5:02 da tarde) : 

Allende suicidou-se. É um facto histórico.

Antes de disparar sobre si próprio despediu-se da família, recusando o exílio proposto pelos golpistas. Não há nenhuma outra versão sobre a sua morte.

 

Blogger Lugones said ... (5:30 da tarde) : 

Se não fossem os crimes impunes (outro Milosevic), limitar-me-ia a rir de quem leva o sofá para o outro lado do Atlântico. Mas não deixo de admirar quem expõe assim a sua ignorância em público.

 

Anonymous Anónimo said ... (5:47 da tarde) : 

Vamos ver se nos entendemos:

Allende foi eleito de acordo com os preceitos constitucionais e mediante um programa previamente apresentado. Esse programa pode parecer hoje em dia obsoleto - é- de facto. Mas correspondia aquilo que era, genericamente, o pensamento da esquerda de então, mesmo a democrática. Não concordo que num regime presidencialista se possa eleger um presidente com apenas 36% dos votos, assim como acho que houve da parte das forças que apoiaram Allende alguma (mtª) falta de bom senso, mas isso não torna a situação não-democrática.

Durante a sua presidência, apesar dos problemas gerados por uma situação revolucionária com responsabilidades à esqª (curiosamente, aqui o PC chileno teve uma atitude bem moderada - percebeu Sr. Libertas?) e à dtª (quem não se lembra do papel desempenhado pelo jornal "Mercúrio", pelas manifestações das "caçarolas vazias" e pela embaixada americana? - nota: gosto mtº dos USA, da democracia e da liberdade e mtº pouco dos soviéticos) a democracia funcionava, como se prova pelos exemplos descritos. Havia eleições livres, liberdade de imprensa, associação, manifestação, etc, e um sistema judicial independente. Não me consta que isto existisse com Pinochet. Claro que qualquer comparação com Hitler só pode ser fruto, portanto, de ignorância ou má fé.

Não me admiro que, durante o período de Allende, tenham existido algumas situações de perseguição política. Só quem nunca viveu períodos de agitação "revolucionária" pode pretender o contrário. Mas não prisões arbitrárias, tortura, desaparecimentos, censura, ausência de liberdades, etc.

Existem testemunhos do suicídio de Allende. Mas não consta qualquer oferta credível da Junta Militar para um exílio. Aliás, tendo em atenção o que sucedeu a outras personalidades do regime de Allende (que chegaram ao ponto de ser fisicamente eliminadas quando no exílio)esta afirmação não tem qualquer credibilidade.

E não vale a pena perder + tempo com quem não entender estes princípios básicos. Comparar os 2 regimes, excluindo a ignorância ou a má fé, só pode ser uma provocação barata. End of story

JC

 

Anonymous Anónimo said ... (6:09 da tarde) : 

Esta malta do Acidental ou é estúpida ou ignorante.

SAlvador Allende foi eleito democraticamente pelos chilenos. Não perseguiu ninguém, pelo contrário, até nomeou comandante das FA auele que viria a ser o seu carrasco (o seu maior erro). Preferiu o suicidio à humilhação quando La Moneda estava cercada e a ser bombardeada continuamente pela Força Aérea. Nos meses que se seguiram os estádios de futebol foram transformados em campos de concentração e foram fuziladas milhares de pessoas.
Por aqui se vê o que pretende esta malta quando fala do exemplo chileno.

José Manuel

 

Anonymous Anónimo said ... (6:16 da tarde) : 

Não liguem a esta "gentéca" d'acidental.
Parecem uns putos mimados em constante BIRRA!

Não valem NADA!
Não escrevem NADA com real importância!

CRESÇAM e NÃO APAREÇAM

 

Blogger on said ... (8:30 da tarde) : 

Toda a gente tem direito a dizer palermices. Só envergonham quem as diz.

 

Anonymous Abdullah al SAUD said ... (11:55 da tarde) : 

Lembro-me, quando era puto, de ouvir dizer na escola primária: "as fábulas são umas histórias em que os animais falam". Este post comprova que O Acidental é uma fábula. Só falta saber quem fabrica uns teclados à medida dos cascos do Pedro Marques Lopes. Deves precisar de umas grandes teclas pá.

 

Anonymous Mario Azevedo said ... (12:02 da manhã) : 

Allendistas de ontem, lulistas e loucãzitas de hoje. Allende era tão ditador sim como Pinochet. Não teve é tempo para fazer mais malfeitorias. Mas ainda matou muita gente e destruiu a economia chilena. Mas eram o verso e o reverso da mesma moeda.
Os cascos que vocês usam não estão nas vossas mãos, estão nas vossas cabeças ocas de marxistas-leninistas.

Mário Azevedo

 

Anonymous Anónimo said ... (12:25 da manhã) : 

Desses 4 nomes qual é o marxista-leninista? Eliminando, por razões óbvias, os 3 primeiros sobra o Pinochet. É, portanto, o único marxista-leninista apoiado pelo CDS nos seus 30 e tal anos de história.

 

Blogger Luís Bonifácio said ... (12:34 da manhã) : 

Allende tinha muitos defeitos, era sobretudo um lírico, mas nunca foi ditador.
Não tivesse havido 11 de Setembro e teria sido corrido a pontapé pelo próprio povo devido ao descalabro económico do Chile acelerado pelo choque petrolífero., que se adivinhava.
Mas ditador não era!

 

Anonymous Anónimo said ... (1:07 da manhã) : 

Podem ler a biografia de Salvador Allende aqui:
http://educaterra.terra.com.br/voltaire/seculo/2003/09/10/000.htm

José Manuel

 

Blogger Alexandre Dias Pinto said ... (7:41 da manhã) : 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Blogger Alexandre Dias Pinto said ... (7:41 da manhã) : 

O senhor Mário Azevedo anda a ler fervorosamente o "Relatório Minoritário". Fiquei a saber que existem ditadores potenciais: "Allende era tão ditador sim como Pinochet. Não teve é tempo para fazer mais malfeitorias."

 

Anonymous MP-S said ... (11:19 da manhã) : 

O que este post torna bem claro e' o seguinte: existe muita gente que considera que o poder politico nao pode ser atribuido de forma democratica a formacoes politicas que representem os interesses da populacao mais modesta social e economicamente. Quando isso acontece, consideram que e' preferivel um golpe de Estado e a introducao de uma ditadura militar.

Convem entender bem que isso nao faz destas pessoas fascistas. E' verdade que preferem a democracia liberal desde que nenhuma parte substantiva do poder politico e/ou economico escape do dominio das "elites" que consideram superiores (das quais julgam fazer parte, ou se esforcam por vir a fazer).

 

Anonymous Max @ Devaneios Desintéricos said ... (11:47 da manhã) : 

O disparate e a desonestidade intelectual não tem limites...

 

Blogger zazie said ... (2:13 da tarde) : 

mas o Claudio Tellez agora também escreve na Atlântico e no Acidental...
":O?

estes excelsos ornitorrincos são uma caixinha de surpresas...

mas ainda assim prefiro o kantiano parente do soba africano.

Quanto mais não fosse porque dá logo listas bibliográficas e notas de roda-pé

 

Blogger zazie said ... (2:19 da tarde) : 

ups! enganei-me- o multiculturalista não dá bibliografia. É o que dá bibliografia não é parente de soba.
Este cá para mim é mesmo o Claudio Tellez disfarçado...

o que nos vale é a simpatia do ex-acessor que é sempre um senhor, carago!

e uma simpatia ":O)

 

Anonymous Daniel Pinéu said ... (2:30 da tarde) : 

Pedro Marques Lopes,

Como alguém já disse, e bem, antes de mim neste rol de comentários, o seu post ou revela ignorância, ou má-fé. Como já confessou ignorância e me parece ter querido afastar a má-fé (pelo menos a de cariz fascista), acho q ficamos todos mais esclarecidos - você não é mau rapaz, não gostava do Pinochet, e até quer ser um turista com patina intelectual... só não conhece é a ponta de um corno de História ou de Ciência Política.

Allende era um ditador? Pois claro q sim. Aliás, suspendeu o Parlamento, a Consitutição, o normal funcionamento do sistema judicial, aboliu toda a propriedade privada - e consta até q tb comia criancinhas. Allende foi eleito "apenas" com 36% dos votos? Pois claro q sim - e isto não terá absolutamente nada q ver com o facto de ter sido uma eleição altamente polarizada em q todos os partidos nomearam candidatos. Allende arruinou a economia chilena? Pois claro q sim. A nacionalização da indústria do cobre não foi aprovada no parlamento _por unanimidade_ nem nada, os indicadores económicos de crescimento dos outputs industrias e subida de salários durante os primeiros dois anos são todos falsos, e os EUA claramento não tiveram nada q ver com a degradação económica, nem bloqueram a nível internacional todas as possíveis soluções financeiras a q Allende tentou recorrer. Nem há documentos, escritos pela mão do Director of Central Intelligence, durante reuniões com o próprio Nixon para discutir a situação chilena, assentando fielmente a instrução "make the economy scream". Pois claro q não.

E mais, se quiser continuar a ler teorias conspirativas esquerdalhas deste tipo, q não só mostram o carácter reformador (e não revolucionário) do regime de Allende, como também os terríveis defeitos dos regimes q o antecederam e seguiram, e o rol de ilegalidades e atrocidades a q os EUA se dedicaram para derrubar um regie constitucional democraticamente eleito, vá ler os documentos desclassificados da CIA e do Dept. de Estado no National SEcurity Archive (http://www.gwu.edu/~nsarchiv/latin_america/chile.htm), e vá ler o country study feito pelos historiadores oficiais da Biblioteca do Congresso (http://memory.loc.gov/frd/cs/cltoc.html). Tudo um bando de revisionistas comunas a tentar incriminar os inocentes EUA, e a tentar branquear as "atrocidades" dictatoriais do regime Allende. O que vale é q, apesar de estarem certamente de má-fé, ao menos não parecem tão ignorantes dos factos como você, PML.

Ouça, não seja mais papista q o papa, OK? E tenha algum sentido de responsabilidade pedagógica - você está a escrever boçalidades deste tipo num fórum público. É q nem toda a gente vem aos comentários ler o seu mea culpa, e reconhecer a sua selectivissima memória histórica (ou mesmo a falta dela) dos factos. Há-de haver pessoas ainda menos infomadas q vendo a sua insinuação sem bases se engane, e a tome por douta opinião. E isso é grave. O q lhe vale, caro PML, é q vive num regime democrático e parlamentar onde a liberdade de expressão ainda vale alguma coisa, como valia - apesar de todas as vicissitudes - no regime Allende. Já viu se tivesse dito uma coisa destas no regime Pinochet? Pois é...

 

Blogger zazie said ... (2:47 da tarde) : 

«Há-de haver pessoas ainda menos infomadas q vendo a sua insinuação sem bases se engane, e a tome por douta opinião.»

mas eu tomei. Eu tomei por uma douta opinião. Por isso é que me queixo da falta de nota-de-rodapé e bibliografia...

naaa, se fosse ornitorrinca da casa tinha botado estendal da Amazon...

é clone Tellez, só pode

":O.

 

Anonymous Eltão João said ... (2:59 da tarde) : 

Só para acresscentar algo de original: Comparar Pinochet com Allende é como comparar uma salva de prata com um piaçaba. Tomem juizo, comunas de merda. Pinochet foi a melhor coisa que aconteceu ao Chile.

 

Blogger Filipe Castro said ... (3:49 da tarde) : 

Uma coisa que sempre me entristeceu em Portugal - desde o tempo em que eu er militante da JC - é a estupidez bocal da direita portuguesa. Ha muitos anos que deixei de ser conservador e portanto ha muitos anos que nao oico estas criancices atiradas assim, para cima da mesa, entre duas imperiais.

Mas da que pensar. Portugal ser um pais em que a direita é analfabeta, formal, triste, nao produziu um unico intelectual nos ultimos 30 anos.

Eu compreendo que algumas da pessoas que escreveram comentarios aqui se irritem com a ignorancia atrevida de PML. A mim da-me pena que os PMLs sejam TODOS assim (no tempo em que eu vivia em Portugal chamavam-se "poliboys" porque eram todos vendedores de automoveis na poligrupo, e podiam-se identificar a seis Km de distancia pelo uniforme).

Nao tenho pena que eles sejam todos tao tristes e tao desgracadamente ignorantes porque seja de direita, mas porque acho que a esquerda tambem nao percebe nada de nada, e ganhava imenso se fosse permanentemente questionada por uma direita saudavel, mascula, inteligente e culta, como ha aqui nos EUA, por exemplo (embora longe da Casa Branca!).

 

Anonymous Anónimo said ... (4:21 da tarde) : 

Ò Filipe:
A "direita máscula" americana é aquela do brokeback mountain???

:)) José Manuel

 

Blogger jpt said ... (6:29 da tarde) : 

Já está tudo dito, com mais ou menos acinte. Para quê? este tipo de atitude, para quê este tipo de discurso?

Faz-me lembrar o já referido (e neste blog já bastante elogiado e abraçado) infecto bloguista que gaba as execuções do regime de pinochet, faz-me lembrar o prestigiado bloguista (e praticamente o meu preferido) comentar algures um "atenção, foram só 3000 mortos", faz-me lembrar os trocadilhos imbecis de que os soldados nazis combateram pela democracia na europa. Isto não são afirmações do PML, nem do Acidental, nem o quero insinuar. Mas este tipo de atitude (que erros factuais todos fazemos) só reforça a velha ideia (Bem mediática) de que a inteligência, a cultura, está na esquerda diante de um direita troglodita. Que merda de modo de pensar. Que falso modo de ser democrata. E isto não é moralismo, como já aqui me disseram ser, é puro espanto. Espanto de ver um discurso tão velho, até antes das máquinas de escrever electricas, aqui no bloguismo.

MAs valeu a pena o post, deu para ler o comentário antológico: o homem não era ditador mas ia ser. Rejuvesço, "se a minha avó não tivesse morrido estava viva", qualquer coisa assim estava na voga quando eu era miúdo.

Com tiradas dessas fazem falta barnabés e coisas assim, isto do bloguismo fica desiquilibrado

 

Blogger zazie said ... (7:55 da tarde) : 

MAs valeu a pena o post, deu para ler o comentário antológico: o homem não era ditador mas ia ser. Rejuvesço, "se a minha avó não tivesse morrido estava viva", ´

é isso mesmo JPT!

é escrita mongo e mainada!

Mas continuo na minha, Cá para mim foi mesmo o Claudio Tellez que lhe segredou ao ouvido...

só pode. Essa ave rara que há 3 anos andava a gritar pelo Picnochet agora também é liberal...

ou então saiu-lhe a viagem num concurso da Mac Donalds e agora tem de pagar a publicidade...
so

 

Blogger zazie said ... (7:57 da tarde) : 

só não concordo que fique desiquilibrado. Fica equilibridíssimo com o outro que ofereceu as barbas na Aspirina e agora tem de engolir aquelas monguices beto-ateias e novo-ricas de um ainda pior que este...

 

Blogger zazie said ... (8:00 da tarde) : 

e é por estas e por outras que às vezes até a Nova Frente é uma lufada de ar-fresco...

e o Nelson Buiça um doutor honoris causa, altamente democrático e libertário

 

Blogger Ismael said ... (8:27 da tarde) : 

Este post é uma lição para os bloggers: se querem comentários nas caixas, sejam radicais - digo, radicalmente estúpidos, brutos, usem a demagogia, debitem barbaridades. Assim os comentários aparecem... como o Acidental tem sido sempre um blog sério, não havia muitas reacções...
Tal como está, o post não apela ao raciocínio sobre se o Ocidente devia ou não perder mais um país. O post limita-se a expôr uma mentira insultuosa. E isso atrai comentadores!

 

Anonymous Anónimo said ... (12:15 da manhã) : 

Allende morreu. Ponto final.

O resto é crença.
Os ateus dizem não a ter.
É uma contradição.

 

Blogger zazie said ... (2:28 da manhã) : 

ó diabo, já cá vim emendar o assessor com s e desapareceu...

 

Anonymous Anónimo said ... (3:59 da manhã) : 

Esta direita FEDE. Escava-se um bocado mais e sai isto.

 

Blogger Aníbal said ... (12:26 da tarde) : 

Caro Peido Lopes, aprenda duas ou três coisas, lave a cara e dê um bom uso à sua lâmina de barbear.

 

Blogger zazie said ... (2:59 da tarde) : 

é pá... também não é preciso exagerar! foi só uma foto e uma legenda infelizes. Não fez mais nada nem veio para aqui insultar os comentadores. Assim como assim há por aí trampa à solta e com arrogância qb em que ninguém toca.

 

Anonymous sérgio m said ... (7:37 da tarde) : 

Já está tudo dito acima por muitos, mas não calo ainda assim a minha revolta: comparar Allende a Pinochet é inaqualificável, e qualifica apenas o pequeno miserável que é este pedro Marques Lopes. Um verdadeiro vómito

 

Anonymous Anónimo said ... (8:30 da tarde) : 

sr pedro voce tem um certas deficiencias a historia, ditador no chile só existiu um, pinochet, esse facho

 

Anonymous Anónimo said ... (1:08 da manhã) : 

Quem é este limitado mental que faz uma afirmação destas ?
História não é consigo, pois não ?
Saiba que Allende foi eleito a contragosto dos ianques.

 

post a comment