Fundado por Paulo Pinto Mascarenhas


Ana Albergaria
Bernardo Pires de Lima
Diogo Belford Henriques
Eduardo Nogueira Pinto
Francisco Mendes da Silva
Henrique Raposo
Inês Teotónio Pereira
Jacinto Bettencourt
João Marques de Almeida João Vacas
José Bourbon Ribeiro
Leonardo Ralha
Luciano Amaral
Luís Goldschmidt
Manuel Castelo-Branco
Manuel Falcão
Nuno Costa Santos
Paulo Pinto Mascarenhas
Pedro Marques Lopes
Rodrigo Moita de Deus
Tiago Geraldo
Vasco Rato
Vitor Cunha


Logótipo Acidental concebido por Vitriolica. Grafismo gerado por Miss Still.


Acidental Long Play


Direita Liberal


O Acidental


Público

TSF

Lusa

Associated PressReuters


A Causa Foi Modificada
Bomba Inteligente
O Espectro
Educação Sentimental
A Vida em Deli
Futuro Presente
Aos 35
Vitriolica Webb's Ite
A Sexta Coluna
Tristes Tópicos
Some Like It Hot
Xanel 5/Miss Pearls
Crónicas Matinais
Rititi
Mood Swing
19 meses depois
Serendipity
A Propósito de Nada
The world as we know it
Minha Rica Casinha
Da Literatura
Tradução Simultânea
Contra a Corrente
O Estado do Sítio
Geraldo Sem Pavor
Acho Eu
A Arte da Fuga
O Sinédrio
Blue Lounge
Portugal Contemporâneo
A cor das avestruzes modernas
Kapa
Snob Blog

E Depois do Adeus
Margens de Erro
Nortadas
Office Lounging
No Quinto dos Impérios
Teorema de Pitágoras
What do you represent
Esplanar
Quase Famosos
Melancómico
Vício de Forma
João Pereira Coutinho I
João Pereira Coutinho II
Retalhos da Vovó Edith
Blogue dos Marretas
Lóbi do Chá
O Insurgente
A Mão Invisível
A Esquina do Rio
Voz do Deserto
Desesperada Esperança
Homem a Dias
Blasfémias
Origem das Espécies
Babugem
Ma-Schamba
Rua da Judiaria
Fuga para a vitória
Mar Salgado
A Ágora
Miniscente
A vida dos meus dias
Elasticidade
Causa Liberal
O Telescópio
Grande Loja do Queijo Limiano
O Intrometido
Carambas
Mau Tempo no Canil
Lobby de Aveiro
Bar do Moe
Adufe
Bloguítica
Tau-tau
Incontinentes Verbais
Causa Nossa
elba everywhere
O Observador
Super Flumina
Glória Fácil
Metablog
Dolo Eventual
Vista Alegre
Aforismos e Afins
A Cooperativa
Semiramis
Diário da República
Galo Verde
Ilhas
french kissin'
Bicho Carpinteiro
Portugal dos Pequeninos
Foguetabraze
A Invenção de Morel
Aspirina B
O Boato
O Vilacondense
O amigo do povo
O Insubmisso

Aviz
Barnabé
Blog de Esquerda
Fora do Mundo
Jaquinzinhos


Powered by Blogger


Google

segunda-feira, março 27, 2006

O fim da blogosfera (IV)

Não querendo revelar futuros projectos - porque o segredo é a alma do negócio - quero porém só esclarecer - e já o fiz rapidamente ao André Azevedo Alves na caixa de comentários do respectivo poste n' O Insurgente - que não considero que a blogosfera não tem futuro. Bem pelo contrário. O que acredito é que a blogosfera não continuará a ser sempre esta e que esta está realmente a acabar. O futuro passa inevitavelmente pela conexão e até pela fusão entre os vários meios de comunicação social existentes, incluindo a blogosfera ou similares, o papel, a rádio e a televisão.
Se a blogosfera foi a primeira grande liberalização da opinião - sujeita às leis do mercado, como é claro, porque acabam por contar e pesar as opiniões que são mais lidas - inevitavelmente será chegada a altura de liberalizar a informação e de não ficarmos apenas sujeitos às notícias que alguns senhores da comunicação social tradicional entendem como relevantes. O modo como a informação é editorializada, editada ou destacada, como é decidido o que é a notícia do dia, como ela é tratada com maior ou menor pormenor - será um dia alterado. A liberdade de escolha dos próprios leitores sobre a informação a que pretendem ter acesso, incluindo a que pensam ser mais importante e por isso merece mais desenvolvimentos, terá de se tornar um facto da democracia em que vivemos.

[Paulo Pinto Mascarenhas]

Comments on "O fim da blogosfera (IV)"

 

Anonymous Anónimo said ... (10:24 da manhã) : 

modo como a informação é editorializada, editada ou destacada, como é decidido o que é a notícia do dia, como ela é tratada com maior ou menor pormenor - será um dia alterado.

Então mas isso é o que já existe actualmente, e está a nascer, e não a morrer. Os sites como o digg, o delicious, o flickr, etc,etc, fazem parte desse fenónomo que agora está na moda e que já tem uma buzzword adequada: Web 2.0
E os actuais blogues fazem parte deste fenónomo, foram até um dos seus maiores pilares.

Wiki:
http://en.wikipedia.org/wiki/Web_2

Ainda ontem saiu um artigo na Newsweek sobre o assunto:

Who's Building the Next Web?
http://www.msnbc.msn.com/id/12011437/site/newsweek/

 

Anonymous Anónimo said ... (10:44 da manhã) : 

A blogosfera tem futuro? Ah, pois, se calhar tem. Esta discussão de fim de semana na blogosfera (hahaha) faz-me lembrar uma anedota (inventei agora): três amigos trocam sms pelo telemóvel de hora a hora. Um dia, por falta de mais assunto de conversa, decidem acabar com a brincadeira. Diz um deles: calma, apesar de tudo, eu acho que os telemóveis têm futuro.

caramelo

 

Anonymous Anónimo said ... (11:45 da manhã) : 

Diz um deles: calma, apesar de tudo, eu acho que os telemóveis têm futuro.

:-)

Exactamente. Claro que o PPM quando diz que os blogues vão mudar não diz nada de novo. Claro que vão mudar, nesta área então está sempre tudo a mudar. Já há mudanças em curso no modo como a informação é selecionada, classificada ou mesmo pontuada, no modo como a obtemos e chega até nós.

Mas a origem da informação continua lá, e os blogues de dia para dia são cada vez mais importantes feeds de informação.

 

Anonymous C.A.R said ... (12:57 da tarde) : 

...de informação e de reflexão.

 

Anonymous Anónimo said ... (4:46 da tarde) : 

caramelos unidos jamais serao vencidos. o que escreven e o que ele diz sao as mesmas coisas, certo?

 

Blogger musaranho coxo said ... (8:23 da tarde) : 

então e a UCL? a famosa União dos Comentadores Livres, liderada pela sub-comandanta Paulina Bonaparte?

heeiiin? seus sectários fassistas!

nem o porteiro respeitam


abaixo o imperialismo blogal!
que mil comentadores livres floresçam no seio das massas!
mais janelinhas apareçam!

albatross! albatross!

=:OP

 

post a comment