Fundado por Paulo Pinto Mascarenhas


Ana Albergaria
Bernardo Pires de Lima
Diogo Belford Henriques
Eduardo Nogueira Pinto
Francisco Mendes da Silva
Henrique Raposo
Inês Teotónio Pereira
Jacinto Bettencourt
João Marques de Almeida João Vacas
José Bourbon Ribeiro
Leonardo Ralha
Luciano Amaral
Luís Goldschmidt
Manuel Castelo-Branco
Manuel Falcão
Nuno Costa Santos
Paulo Pinto Mascarenhas
Pedro Marques Lopes
Rodrigo Moita de Deus
Tiago Geraldo
Vasco Rato
Vitor Cunha


Logótipo Acidental concebido por Vitriolica. Grafismo gerado por Miss Still.


Acidental Long Play


Direita Liberal


O Acidental


Público

TSF

Lusa

Associated PressReuters


A Causa Foi Modificada
Bomba Inteligente
O Espectro
Educação Sentimental
A Vida em Deli
Futuro Presente
Aos 35
Vitriolica Webb's Ite
A Sexta Coluna
Tristes Tópicos
Some Like It Hot
Xanel 5/Miss Pearls
Crónicas Matinais
Rititi
Mood Swing
19 meses depois
Serendipity
A Propósito de Nada
The world as we know it
Minha Rica Casinha
Da Literatura
Tradução Simultânea
Contra a Corrente
O Estado do Sítio
Geraldo Sem Pavor
Acho Eu
A Arte da Fuga
O Sinédrio
Blue Lounge
Portugal Contemporâneo
A cor das avestruzes modernas
Kapa
Snob Blog

E Depois do Adeus
Margens de Erro
Nortadas
Office Lounging
No Quinto dos Impérios
Teorema de Pitágoras
What do you represent
Esplanar
Quase Famosos
Melancómico
Vício de Forma
João Pereira Coutinho I
João Pereira Coutinho II
Retalhos da Vovó Edith
Blogue dos Marretas
Lóbi do Chá
O Insurgente
A Mão Invisível
A Esquina do Rio
Voz do Deserto
Desesperada Esperança
Homem a Dias
Blasfémias
Origem das Espécies
Babugem
Ma-Schamba
Rua da Judiaria
Fuga para a vitória
Mar Salgado
A Ágora
Miniscente
A vida dos meus dias
Elasticidade
Causa Liberal
O Telescópio
Grande Loja do Queijo Limiano
O Intrometido
Carambas
Mau Tempo no Canil
Lobby de Aveiro
Bar do Moe
Adufe
Bloguítica
Tau-tau
Incontinentes Verbais
Causa Nossa
elba everywhere
O Observador
Super Flumina
Glória Fácil
Metablog
Dolo Eventual
Vista Alegre
Aforismos e Afins
A Cooperativa
Semiramis
Diário da República
Galo Verde
Ilhas
french kissin'
Bicho Carpinteiro
Portugal dos Pequeninos
Foguetabraze
A Invenção de Morel
Aspirina B
O Boato
O Vilacondense
O amigo do povo
O Insubmisso

Aviz
Barnabé
Blog de Esquerda
Fora do Mundo
Jaquinzinhos


Powered by Blogger


Google

sexta-feira, março 17, 2006

Já que ninguém escreve e eu também não tenho tempo, aproveito para fazer alguma publicidade até porque vem a propósito da semana que passou























Cartoon de Lucy Pepper e Alexandre Borges para o nº 11 da revista Atlântico.

Ah, é verdade, no dia 30, última quinta-feira deste mês, sai a edição de Abril. Depois falamos, que ainda há um número nas bancas.

[PPM]

Comments on "Já que ninguém escreve e eu também não tenho tempo, aproveito para fazer alguma publicidade até porque vem a propósito da semana que passou"

 

Anonymous Anónimo said ... (8:25 da tarde) : 

Acho q os seus colegas bloggers têm vergonha de si. O Moita de Deus quase q escreve mais no aspirina do q aqui, etc.
Começe a pedir aos coleguinhas novos da Atlântico pa escreverem aqui

Anonymus

 

Anonymous Anónimo said ... (8:46 da tarde) : 

"Anonymus" (sic), considere o seu comentário bastante imbecil depois de contabilizar que, entre os últimos sete posts que antecedem este do PPM, seis são do RMD.

 

Blogger PPM said ... (9:05 da tarde) : 

Se fosse o "anonymus" tinha vergonha de ser tão cobarde para dizer tamanhos disparates. A inveja e o ressentimento são realmente muito tristes.

 

Anonymous Anónimo said ... (10:03 da tarde) : 

O PPM, nos seus últimos posts, mostrou a profunda admiração que tem pelo Sir Espada assim como pelo bruto do Pulido Valente.
Caso não tenha lido a crónica deste último no «Público» de hoje, eu faço-lhe o favor de transcrever o que ele disse do primeiro:

O Espada é «um papagaio do ultraconservadorismo dos EUA».

E esta, hein? O Valente diz aquilo que eu disse noutro comentário: que o que o Sir escreve não passa de um vomitado daquilo que os seus mestres lhe ditaram. Os papagaios enjoam, como eu disse.
E o PPM gostou de o ter como professor!!

 

Anonymous Anónimo said ... (11:44 da tarde) : 

olha, este deve ser da trupe aspirínica, ramos de almeida, huuuuh!

 

Blogger André Azevedo Alves said ... (11:46 da tarde) : 

Portanto, se o PPM exprimiu uma opinião favorável de JCE e de VPV e se VPV critica (?) JCE isso desqualifica a posição do PPM.

Fantástico raciocínio! Verdadeiramente brilhante...

 

Anonymous Anónimo said ... (12:22 da manhã) : 

PPM: Excelente VPV, o que pensas do excelente professor Sir Espada?
VPV: Ó pá, penso que o gajo não passa de um papagaio do ultraconservadorismo americano.
PPM:Fantástico, VPV!!

 

Blogger PPM said ... (1:46 da manhã) : 

André, obrigado pelas tuas palavras, mas parece-me que não vale a pena argumentar com algumas destas pessoas que vêm aqui apenas para destilar veneno, sem qualquer validade intelectual.
Já agora, "anonymus" "repetitivus", mantenho a minha opinião favorável sobre JCE e também a minha opinião favorável sobre VPV. O que não quer obviamente dizer que concorde ou subscreva tudo o que eles dizem ou escrevem.
Compreendido, ou precisam de um desenho para compreender?

PPM

 

Anonymous Anónimo said ... (2:40 da manhã) : 

(Diálogo corrigido e actualizado)

PPM: Excelente VPV, o que pensas do excelente professor Sir Espada?
VPV: Ó pá, penso que o gajo não passa de um papagaio do ultraconservadorismo americano.
PPM: Hã? Acho que estás enganado. As crónicas que ele escreve no Expresso são de grande qualidade. Eu adoro o que ele escreve.
VPV: «Hã», digo eu, pá! Chamas qualidade à falta de originalidade, e à repetição do que os ultraconservadores americanos defendem? O homem é mesmo um papagaio. Não me vais pôr ao nivel dele, pois não?
PPM: Ponho, porque penso que tanto tu como ele são excelentes. Ele foi meu professor, e posso dizer-te que ele é um grande pedagogo.
VPV:Ah! Ah! Ah! Ah! O que tu queres dizer é que ele é um grande propagandista. E depois tem aqueles tiques snobs sempre que se pôe a enaltecer as virtudes da gentlemanship, que me lembram sempre a imagem dos papagaios exibicionistas, orgulhosos das suas cristas.
PPM:Desculpa lá, tenho muita estima por ti, mas não posso concordar contigo.
VPV:Isto,assim, acaba mal! Precisas que eu te faça um desenho, é?

 

Anonymous Anónimo said ... (3:34 da manhã) : 

este anónimo é mesmo idiota, será o mesmo de sempre que aqui escreve e que está tramado por querer escrever e ninguém querer?

 

Anonymous Julio Paiva said ... (3:39 da manhã) : 

Outro diálogo:

Anonymus: Sou parvo mas gosto de escrever aqui umas coisas a armar ao pingarelho porque a minha mulher já partiu para outra e não posso com o Espada e no blogue onde estou também ninguém me lê. Que besta quadrada que eu sou.
PPM: Pois és.
VPV: Sim, o anónimo é um idiota chapado e uma besta quadrada que teve dificuldades para acabar o 12º ano mas depois a mãezinha dele foi falar com a directora da escola e lá conseguiu.
JCE: Yes, i agree. Uma besta quadrada este anonymous.

 

Anonymous Anónimo said ... (2:01 da tarde) : 

ESTE BLOG É UMA MERDA!!

 

Anonymous Anónimo said ... (8:05 da tarde) : 

(Ainda outro diálogo)

PPM: Júlio Parva, ataca!
Júlio Parva: Au!Au!Au! Eu sou o cão de guarda do acidental! Prepara-te anonymus, para sofreres. RRRRRRRR.....
Anonymus: Não! Não! Não me faças mal, Julio Parva.
Júlio Parva: És um parvo. A tua mulher já partiu para outra, e és uma besta quadrada.
Anonymus: Mas... Mas afinal tu és um caniche, ou és um cão de guarda?!

 

Anonymous José Carvalho said ... (10:29 da tarde) : 

(mais um diálogo imaginário)

Júlio Paiva: Ó anonymus não fiques assim que se vê que acertei em cheio no alvo.
Anonymus:Pois acertaste, pois foi, só que eu nem tenho mulher, nenhuma me quer, dizem que ando sempre agarrado ao computador.
JP: Tem calma, anonymus, isso resolve-se com terapia ocupacional. Ocupa-te, faz qualquer coisa de útil e desampara a loja, pois se não gostas deles!
VPV: Não vale a pena, ó Júlio, o tipo é um retardado educacional, um germe, um cancro, um Blanco, um Morais, ai que raiva quisto me dá. E a Atlântico, grande revista, enganei-me no nome só para os xatear por ainda não me terem convidado, os malandros.
João Carlos Espada: So sad, so sad. O anonymus é um pobre de espírito.
PPM: Calma, vamos falar de coisas importantes. Do Blair, por exemplo.
Júlio Paiva: OK, ok.
Eramus: Parabéns pelo blogue, que é o meu preferido.

:)))))

 

Anonymous Anónimo said ... (11:32 da tarde) : 

(Continuação do «Ainda outro diálogo»)

José car(v)alho: Boa, boa Júlio Parva. Acertaste no alvo. O anonymus é daqueles que anda sempre agarrado ao computador.
Júlio Parva: Au! Au! Au!
José Car(v)alho: O quê? Não percebi. Não sabes falar direito?
Júlio Parva: Au! Au! Au!
José Car(v)alho: Ai... Ai «quisto» já me está a «xatear»! Já pareces eu a escrever!

 

Anonymous Anonymas said ... (11:45 da tarde) : 

(Mais outro diálogo)

Anonymus: E será qualguém me lê e se apercebe do meu talento para os diálogos:
Anonymas: Não, filho, nobody, nem unzinho se vai aperceber das tuas capacidades, tens uma cabecinha tã tola e tã mesquinha, meu pateta, sempre fostes assim, mesmo quando assinavas com o teu nome as redacções lá na escola.
José Carvalho: Assim também ê demais, anonymas, não trates dessa maneira o teu rapaz. Deixa-o lá desabafar, que o rapaz precisa.
Júlio Paiva: Hum, quê, tá bem.
VPV: O avantesma do anonymus podia atirar-se da serra da estrela porque não tem futuro.
JCE: No, please, take care, anonymous, you are a little crazy, but there's always hope in the future. Maybe. Maybe yes, maybe not. Anyway, so long.
Julio Paiva: Arriverdeci
José Carvallho: Vai tu.
PPM: Não, vai tu e o anonymus.
VPV: Hum?

 

post a comment