Fundado por Paulo Pinto Mascarenhas


Ana Albergaria
Bernardo Pires de Lima
Diogo Belford Henriques
Eduardo Nogueira Pinto
Francisco Mendes da Silva
Henrique Raposo
Inês Teotónio Pereira
Jacinto Bettencourt
João Marques de Almeida João Vacas
José Bourbon Ribeiro
Leonardo Ralha
Luciano Amaral
Luís Goldschmidt
Manuel Castelo-Branco
Manuel Falcão
Nuno Costa Santos
Paulo Pinto Mascarenhas
Pedro Marques Lopes
Rodrigo Moita de Deus
Tiago Geraldo
Vasco Rato
Vitor Cunha


Logótipo Acidental concebido por Vitriolica. Grafismo gerado por Miss Still.


Acidental Long Play


Direita Liberal


O Acidental


Público

TSF

Lusa

Associated PressReuters


A Causa Foi Modificada
Bomba Inteligente
O Espectro
Educação Sentimental
A Vida em Deli
Futuro Presente
Aos 35
Vitriolica Webb's Ite
A Sexta Coluna
Tristes Tópicos
Some Like It Hot
Xanel 5/Miss Pearls
Crónicas Matinais
Rititi
Mood Swing
19 meses depois
Serendipity
A Propósito de Nada
The world as we know it
Minha Rica Casinha
Da Literatura
Tradução Simultânea
Contra a Corrente
O Estado do Sítio
Geraldo Sem Pavor
Acho Eu
A Arte da Fuga
O Sinédrio
Blue Lounge
Portugal Contemporâneo
A cor das avestruzes modernas
Kapa
Snob Blog

E Depois do Adeus
Margens de Erro
Nortadas
Office Lounging
No Quinto dos Impérios
Teorema de Pitágoras
What do you represent
Esplanar
Quase Famosos
Melancómico
Vício de Forma
João Pereira Coutinho I
João Pereira Coutinho II
Retalhos da Vovó Edith
Blogue dos Marretas
Lóbi do Chá
O Insurgente
A Mão Invisível
A Esquina do Rio
Voz do Deserto
Desesperada Esperança
Homem a Dias
Blasfémias
Origem das Espécies
Babugem
Ma-Schamba
Rua da Judiaria
Fuga para a vitória
Mar Salgado
A Ágora
Miniscente
A vida dos meus dias
Elasticidade
Causa Liberal
O Telescópio
Grande Loja do Queijo Limiano
O Intrometido
Carambas
Mau Tempo no Canil
Lobby de Aveiro
Bar do Moe
Adufe
Bloguítica
Tau-tau
Incontinentes Verbais
Causa Nossa
elba everywhere
O Observador
Super Flumina
Glória Fácil
Metablog
Dolo Eventual
Vista Alegre
Aforismos e Afins
A Cooperativa
Semiramis
Diário da República
Galo Verde
Ilhas
french kissin'
Bicho Carpinteiro
Portugal dos Pequeninos
Foguetabraze
A Invenção de Morel
Aspirina B
O Boato
O Vilacondense
O amigo do povo
O Insubmisso

Aviz
Barnabé
Blog de Esquerda
Fora do Mundo
Jaquinzinhos


Powered by Blogger


Google

quarta-feira, março 08, 2006

Agora a sério

Aqueles que desmerecem as qualidades e as intenções de Paulo Portas far-me-iam um enorme favor se revelassem o historial do seu voto. É que estou mesmo a precisar de uma gargalhada catártica. Provavelmente, é um cadastro monocolor alaranjado. Não me lixem. A aversão a Paulo Portas não resulta do que Paulo Portas é ou deixa de ser. A maioria dos que à direita são cépticos da figura vêm de tradições familiares do PSD e são nostálgicos do cavaquismo. Eu vivo com isso de muito perto, acreditem. O problema que têm com Portas é o de este ter contribuído para a ruína da trupe. Não é, como por aí se lê, a alegada falta de honestidade ou a natureza postiça do que defende. Se nos dissessem em quem votam, ficaríamos a saber que a sua ânsia purificadora do liberalismo e da política se limita a Paulo Portas. Não se aplica a Marcelo, a Santana, a Durão Barroso, a Ferreira Leite, etc. E muitos deles estarão, a seu tempo, devidamente arregimentados atrás de Mendes, Menezes e Borges. Podem não ser o exemplo perfeito da nobreza de princípios, da efervescência intelectual e da camaradagem correlegionária, mas - já se sabe - "a política é a arte do possível", "há que fazer escolhas" e coisas assim. Só ao Portas é que este relativismo democrático se não aplica. A malta até pode votar no mal menor que é o Sócrates. Agora, no mefistófeles do Portas é que não. Citando Luis Filipe Vieira, "já não alinho mais nesses fandangos (...) querem fazer de nós estúpidos, ou quê?"

[FMS]

Comments on "Agora a sério"

 

Anonymous Liam said ... (1:37 da tarde) : 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Anonymous Anónimo said ... (2:33 da tarde) : 

afinal este blog é um gadget publicitário da "atlântico" ou do paulo portas? ou será que este blog e a "atlântico" são ambos anúncios ao paulo portas? ou será que este blog, a "atlântico" e paulo portas são todos angariadores de audiências para a sic notícias? ou será que a sic notícias, o paulo portas e a atlântico foram contratados pelo ppm para divulgarem este blog? estou confuso!

A única coisa de que tenho a certeza é que o Ricardo Costa é o director de campanha do Paulo Portas (e já não é de agora).

 

Blogger Luís Aguiar Santos said ... (2:34 da tarde) : 

Exactamente o que penso e o que tenho dito várias vezes aqui.

 

Anonymous Anónimo said ... (2:36 da tarde) : 

FMS (peço desculpa pelo tu mas leio os teus posts desde o início do Quinto)

Partes do príncipio, errado, que quem não vota Portas não é do "verdadeiro" CDS/PP. Há muita direita, potenciais eleitores do PP, que simplesmente não vota. Não se revê em nenhum candidato. Mais: há muita direita que vota num sentido instrumental escolhendo o mal menor. Muitos votaram Portas porque era o presidente do Partido e no momento parecia o melhor candidato para defender certas posições. Mais ainda: muitos votaram Portas convictamente mas ficaram desiludidos com a prestação do CDS/PP no Governo. A realidade à direita é multicolor e não uma escolha entre laranjas e portas-azuis. O Portas tem inequívocas qualidades tribunicias mas isso não é suficiente.

um abraço

PS - já que estou aqui, parabéns pelo teu texto na Atlântico.

 

Anonymous curioso said ... (2:55 da tarde) : 

Acabei de ler no incontinentes verbais que o acidental deve acabar no dia 8 de abril. Não acredito que seja verdade. Não me digam que se chatearam todos? Ou será por causa da malta infiltrada de esquerda que anda por aí? A menos que seja uma manobra de marketing do ppm!

http://incontinentesverbais.blogspot.com/2006/03/o-acidental.html

 

Anonymous Kubrick said ... (3:15 da tarde) : 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Blogger Sofocleto said ... (4:00 da tarde) : 

Na edição do jornal 24 Horas, de 7 de Abril de 2005, foi noticiado que o ex-ministro da Defesa, Paulo Portas, passou uma semana de férias no Dubai, num dos hotéis mais caros do mundo, o «Burj Al Arab», cuja diária é de 800 contos (4000 Euros) com direito a um segurança pessoal.

Férias merecidas para um «homem» que tão judiciosamente soube investir o dinheiro dos nossos impostos em defesa do solo pátrio:

- 800 milhões de Euros em 2 submarinos alemães.

- 500 milhões de Euros em 40 Aviões de guerra F-16 americanos

- 344 milhões de Euros em 260 tanques de guerra

- 440 milhões de Euros em 12 Helicópteros EH-101 para o exército.

- 356 milhões de Euros em 12 aviões de transporte militar médio.

- 200 milhões de Euros em 2 fragatas americanas da classe Oliver Hazard Perry com mais de 20 anos de uso.


Longe vão os tempos pelintras da Moderna e do jaguar...

 

Anonymous fms said ... (4:18 da tarde) : 

Meu caro Anonymous que me lê desde o início do Quinto,

Eu não parto de nenhum princípio que elencou/aste (podia/as ter assinado). E nem sequer defendi o Paulo Portas, muito menos os governos em que o CDS esteve, os quais considero uma oportunidade perdida. Apenas me limitei-me a dizer que a grelha de análise com que se olha o Portas (que nem sequer já pode ter ambições políticas) não é a mesma com que se olham os outros. E que uma parte das críticas que lhe são dirigidas à direita resultam, não de qualquer posição racional, mas do mais puro ressentimento.

 

Blogger Morgado Louro said ... (4:58 da tarde) : 

De todo o seu texto,
Que claramente parece um elogio ao homem,
Pela ingenuidade aparente com que o diz,
provocando um sorriso leve,
Acha mesmo que não?
(Que nem sequer já pode ter ambições politicas)

 

Anonymous fms said ... (5:07 da tarde) : 

Ó Morgado Louro,

1.Eu não disse "que pode já não ter ambições políticas". Eu disse "que já não pode ter ambições políticas", como quem diz "já nem o deixam ter ambições políticas".

2.O texto não é nada elogioso. Pese embora eu, de facto, considerar existirem bastantes razões para o elogiar. Sei que não é da etiqueta da blogosfera, mas olhe.

 

Anonymous ofensivo said ... (5:21 da tarde) : 

mas afinal o acidental vai acabar!? e ninguém fala do assunto!? é treta de certeza. embora o nível ande a baixar nestes ultimos tempos com malta que mais parece de esquerda.

 

Anonymous Anónimo said ... (6:04 da tarde) : 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Anonymous C.A.R. said ... (8:01 da tarde) : 

Alguém me pode explicar o porquê de tantos anti-corpos a Paulo Portas?Será aquela doença tão portuguesa-"dor de cotovelo"?É porque o homem é brilhante?É que já chateia tanto mal-dizer...

 

Anonymous Anónimo said ... (8:35 da tarde) : 

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 

Anonymous C.A.R. said ... (8:58 da tarde) : 

Quere-me cá parecer que falam tanto nele porque o receiam de qualquer modo,senão não se incomodariam...conhecem aquela máxima"não se bate em cão morto"?

 

Anonymous Anónimo said ... (12:16 da manhã) : 

O Sofocleto, que é jornalista mas não se identifica como tal, faz de conta que não sabe que a notícia do jornal que tanto aprecia foi totalmente desmentida e que o jornal himself reconheceu o erro?
parabéns por apagarem os comentários dos cobardolas que continua a vomitar por estes cantos incógnitos.

 

Anonymous libertas said ... (12:18 da manhã) : 

Portas é mais um socialista dos sete costados.

Por que não fala do funcionalismo público e do nível asfixiante da fiscalidade?

Por que não pede desculpas por ter sido conivente com o aumento de impostos?

Quem defende o contribuinte?

 

Anonymous Nuno Ferreira Martins said ... (8:05 da manhã) : 

A direita continua à espera de um líder que agrade à esquerda.

 

Blogger Ricardo Gonçalves Francisco said ... (10:02 da manhã) : 

Caro FMS,

Acredito na necessidade da política baseada no real, do compromisso de curto prazo pelo fim de longo prazo. Portas pode ser aliciante nessa prespectiva. Para mim, como para outros, o problema passa por Portas se assumir como conservador, e por ter um discurso populista e nacionalista. Populista porque "favorece" grupos de interesse, nacionalista porque mascara os interesses de outros grupos como interesse nacional.

Se me diz que Paulo Portas é, na sua opinião, o melhor candidato da sua direita, não tenho contraargumentos. Se seria o líder uma direita que quer albergar a massa liberal, então não o compro.

Não vivo a vida política, pelo que digo sem interesses "escondidos". Existem líderes nos partidos à direita que podiam fazer melhor e mais, como António Pires de Lima ou António Borges.

Cumprimentos

 

post a comment