Fundado por Paulo Pinto Mascarenhas


Ana Albergaria
Bernardo Pires de Lima
Diogo Belford Henriques
Eduardo Nogueira Pinto
Francisco Mendes da Silva
Henrique Raposo
Inês Teotónio Pereira
Jacinto Bettencourt
João Marques de Almeida João Vacas
José Bourbon Ribeiro
Leonardo Ralha
Luciano Amaral
Luís Goldschmidt
Manuel Castelo-Branco
Manuel Falcão
Nuno Costa Santos
Paulo Pinto Mascarenhas
Pedro Marques Lopes
Rodrigo Moita de Deus
Tiago Geraldo
Vasco Rato
Vitor Cunha


Logótipo Acidental concebido por Vitriolica. Grafismo gerado por Miss Still.


Acidental Long Play


Direita Liberal


O Acidental


Público

TSF

Lusa

Associated PressReuters


A Causa Foi Modificada
Bomba Inteligente
O Espectro
Educação Sentimental
A Vida em Deli
Futuro Presente
Aos 35
Vitriolica Webb's Ite
A Sexta Coluna
Tristes Tópicos
Some Like It Hot
Xanel 5/Miss Pearls
Crónicas Matinais
Rititi
Mood Swing
19 meses depois
Serendipity
A Propósito de Nada
The world as we know it
Minha Rica Casinha
Da Literatura
Tradução Simultânea
Contra a Corrente
O Estado do Sítio
Geraldo Sem Pavor
Acho Eu
A Arte da Fuga
O Sinédrio
Blue Lounge
Portugal Contemporâneo
A cor das avestruzes modernas
Kapa
Snob Blog

E Depois do Adeus
Margens de Erro
Nortadas
Office Lounging
No Quinto dos Impérios
Teorema de Pitágoras
What do you represent
Esplanar
Quase Famosos
Melancómico
Vício de Forma
João Pereira Coutinho I
João Pereira Coutinho II
Retalhos da Vovó Edith
Blogue dos Marretas
Lóbi do Chá
O Insurgente
A Mão Invisível
A Esquina do Rio
Voz do Deserto
Desesperada Esperança
Homem a Dias
Blasfémias
Origem das Espécies
Babugem
Ma-Schamba
Rua da Judiaria
Fuga para a vitória
Mar Salgado
A Ágora
Miniscente
A vida dos meus dias
Elasticidade
Causa Liberal
O Telescópio
Grande Loja do Queijo Limiano
O Intrometido
Carambas
Mau Tempo no Canil
Lobby de Aveiro
Bar do Moe
Adufe
Bloguítica
Tau-tau
Incontinentes Verbais
Causa Nossa
elba everywhere
O Observador
Super Flumina
Glória Fácil
Metablog
Dolo Eventual
Vista Alegre
Aforismos e Afins
A Cooperativa
Semiramis
Diário da República
Galo Verde
Ilhas
french kissin'
Bicho Carpinteiro
Portugal dos Pequeninos
Foguetabraze
A Invenção de Morel
Aspirina B
O Boato
O Vilacondense
O amigo do povo
O Insubmisso

Aviz
Barnabé
Blog de Esquerda
Fora do Mundo
Jaquinzinhos


Powered by Blogger


Google

quarta-feira, novembro 16, 2005

We Must All Hang Together Or Assuredly We Will All Hang Separately

Há dois problemas que me preocupam muito. Quer dizer, três. Pronto, está bem, quatro. A saber: a fome no mundo; a falta de pontaria das tropas de libertação anglo-norte-americanas, no Iraque; o preço da uva mijona e, claro, a descida do Professor Cavaco Silva nas sondagens. E, na questão das sondagens, felizmente não estou sozinha. Pelo que tenho lido em blogues, da esquerda baixa, ao que parece essa descida – terrível! - está a colocar os apoiantes do Professor Cavaco desesperados.
Meus amigos, tendes razão! Ando aqui num desespero tal que até já encaro a hipótese de ir fazer harakiri para a porta d’ A Voz do Operário! Como é que se pode querer continuar a viver quando o nosso candidato desce de cinquenta e três por cento (53%) de intenções de voto, para cinquenta e dois (52%)?
É muito duro. Muito, muito difícil de suportar semelhante descida vertiginosa. O que me tem valido, para manter acesa alguma chama de vida, é o meu Game Boy. Boto lá dentro o jogo do Super Mário e lá vou esboçando um sorriso ou outro, às vezes até mostro os dentes.
Uma coisa garanto: se a descida infernal se confirmar, se as intenções de voto chegarem à insustentável barreira dos cinquenta e um por cento (51%) lapidar-me-ei a mim própria (tenho andado a treinar com bolas de sabão e acerto-me sempre) em lugar a designar. Entretanto vou roendo as unhas. Desesperadinha.

[Ana Albergaria]

Comments on "We Must All Hang Together Or Assuredly We Will All Hang Separately"

 

Blogger carne said ... (11:38 da manhã) : 

Ai que desgraça!...

 

Blogger Bernardo Pires de Lima said ... (12:34 da tarde) : 

Ana à Presidência já!!!

 

Blogger Tiago Mendes said ... (1:34 da tarde) : 

Muito bom post, Ana :)

 

Anonymous bjm said ... (1:48 da tarde) : 

A última vez que ouvi este tipo de conversa foi há cerca de 20 anos. Nessa altura, as Anas Albergarias deste mundo andavam, também, todas excitadas e faziam o mesmo tipo de piadinhas com a descida do Prof. Freitas do Amaral nas sondagens. Depois, roeram as unhas, morderam a língua e calaram-se para sempre. Nem todas, claro.

 

Blogger PPM said ... (1:57 da tarde) : 

Freitas nunca teve mais de 48 por cento de intenções de voto nas sondagens. Pena, não é?

PPM

 

Blogger Ana said ... (1:59 da tarde) : 

Oh!
bjm: quer-me parecer que o menino tem muita falta de humor. Confesse: está de dedinho em riste e a salivar de raiva pelos gulags já não existirem,certo? Mas deixe lá, para o alegrar um bocadito,até lhe conto que já estive na Sibéria e sofri muito com o frio! Bem feita para mim, não é? :)

Beijinhos a todos
Ana Albergaria

 

Anonymous Anónimo said ... (3:03 da tarde) : 

Mário Soares
Presidente da República (1986-1991). Eleito em 16 de Fevereiro de 1986, à 2ª volta, por 3.015.000 (51,18 %) de votos. Freitas do Amaral, o outro candidato que disputou a 2ª volta, obtém 48,82 % dos votos. Na 1ª volta, realizada em 26 de Janeiro de 1986, os resultados tinham sido os seguintes: Freitas do Amaral, 46,31 %; Mário Soares, 25,43 %; Salgado Zenha, 20,88 %; Lourdes Pintassilgo, 7,38 %.

 

Anonymous Anónimo said ... (3:27 da tarde) : 

Querida Ana,

Só tu me fazias sair do estado letárgico em que me encontro. Um grande shalom para ti.

Beijo

Pedro Marques Lopes

 

Anonymous bjm said ... (3:36 da tarde) : 

Freitas tinha mais de 50% das intenções de voto segundo a sondagem publicada pelo Expresso(?) na semana anterior ao dia das eleições. Creio mesmo que esta sondagem terá sido decisiva para o voto em massa da Esquerda no Marocas, a.k.a. Super-Mário, a.k.a. Mário Soares, a.k.a. o tipo que vos anda a azucrinar o juízo há mais de 30 anos (antes disso vivíamos sob uma ditadura e tal...).

Gulags? Sibéria? Credo, que tiro mais ao lado, Ana Albergaria! Água.

 

Anonymous Anónimo said ... (4:13 da tarde) : 

A verdade e' que a continuar assim a histo'ria pode-se repetir. Se o "Prof" continuar a dar entrevistas como a que deu, nao e' 'a primeira volta que vai la'. Depois fica a duques com um candidato de esquerda, no qual se tem visto pelas sondagens, continua a manter mais ou menos a percentagem (resves Campo de Ourique).

 

Blogger Teófilo M. said ... (12:30 da tarde) : 

É muita falta de gosto, (estou a tentar ser educado), num 'post' satírico, misturar coisas sérias e infantilidades.

Talvez à Ana Albergaria, algum misterioso vírus lhe tenha começado a congelar a sanidade mental, para lhe permitir misturar a fome no mundo e a falta de pontaria das tropas de libertação com o preço da uva mijona e as sondagens presidenciais.

E assim andam os que não são da esquerda baixa, e que talvez se classifiquem na direita podre, pois que a nova direita, já não utiliza este tipo de comparações há muito.

Felizmente.

 

post a comment